Posso seguir o Water Only e usar Cremes Industrializados?

Muita gente no grupo Water Only Brasil me pergunta se eu continuo usando cremes industrializados no meu cabelo mesmo lavando apenas com água (técnica Water Only). Todo esse assunto tem se tornado até polêmico em muitas discussões em

+ Saiba mais sobre Water Only aqui

Antes de tudo, vamos esclarecer algumas coisas. O Water Only se refere à lavagem com água, e não ao restante dos seus cuidados com o cabelo. O que você faz na hora de hidratar e finalizar não vem ao caso nessa rotina, em teoria. Acontece que quem opta por seguir essa rotina pretende abolir quaisquer outros produtos do cabelo, e isso é maravilhoso! Mas não é regra. Seguir uma rotina 100% natural e caseira é outra história e demanda muito mais estudo e dedicação.

A minha grande motivação para parar de fazer co-wash (eu fazia No Poo antes) foi a enorme quantidade de componentes químicos que poderiam estar sendo absorvidos pelo meu couro cabeludo e adentrando o meu organismo. As regiões pilosas do nosso corpo são muito absorventes, então devemos ter muito cuidado com o que colocamos sobre ela! Especialmente massageando, movimentação que ativa a circulação e estimula ainda mais a absorção do que tiver na área. Os produtos que usamos (sejam xampus ou condicionadores para co-wash) são repletos de componentes perigosos, basta dar uma pesquisada neles no site EWG (amém!).

Um outro ponto que devemos sempre ter em mente é a redução absurda na quantidade de lixo produzido com o uso desenfreado de cosméticos industrializados. Ao optar pelo WO ou por rotinas 100% naturais você apenas produz resíduos biodegradáveis, especialmente se comprar os chás, grãos, etc à granel sem plástico!

TODAS AS EMBALAGENS DE TODOS OS COSMÉTICOS QUE VOCÊ JÁ USOU AINDA ESTÃO POR AÍ NA NATUREZA.




Pra natureza, você já sabe que não é nada bom consumir esse tipo de produto. Mas e pro cabelo que só é lavado com água, tem problema? Depende. Eu costumo olhar pra três fatores (além do preço, claro! rs):

◘ Os produtos que você for usar precisam ser liberados para Co-Wash, ou seja, liberados para No Poo e não possuírem silicones insolúveis. Isso vai garantir que nada do creme será acumulado por muito tempo no seu cabelo, sendo removidos quando você lavar! [ISSO É MUITO IMPORTANTE]

+ saiba tudo sobre No Poo aqui!

◘ Composição simples e mais natural possível: quanto menos ingrediente perigoso, melhor! Daquele baaaando de nome difícil, foge! Priorize composições com óleos vegetais, glicerina vegetal, panthenol, etc. Vegana de preferência, né!?

◘ Empresas responsáveis: procure saber se a empresa da qual você está adquirindo possui programas ambientais legais, se realiza testes em animais, se demonstra se importar com o meio ambiente, e que seja nacional de preferência! Sei que não é fácil, mas precisamos fortalecer essa indústria, e tem várias empresas compromissadas por aí tentando ganhar o mercado, enquanto outras que não movem uma palha pela redução do seu impacto no planeta estão lucrando milhões! Atenção à isso!

Ok, Giovanna, mas afinal, você ainda está usando cremes industrializados?

Sim, pessoal, estou usando às vezes. Não é em toda lavagem e não uso quantidades enormes. Reconheço que não é ideal, dado que estou querendo virar “Zero Waster” (produzir lixo zero), mas estou em transição para tal. Pessoalmente falando, a minha realidade não tem permitido que eu desprenda tempo suficiente pra fazer meus próprios cremes de pentear.

Além de usar pra finalizar, de vez em quando uso pra hidratar e dar um gás na hora de desembaraçar. Às vezes o cabelo está um caos e só um creme bastante emoliente pra dar conta em pouco tempo, que é o que eu preciso muitas das vezes. Ah, eu revezo esses, ok? Não mantenho os 4 sempre não, quando vai acabando um compro o outro e assim vou trocando.

1. Kanechom Kids: Vocês sabem o quanto eu sou apaixonada por esse bonito, né? Eu procuro sempre tê-lo em casa porque no meu cabelo ele dá MUITO CERTO. Como creme de pentear não há nada comparável ao resultado que ele dá. Olha que eu já testei tudo que foi receita de finalização, hein, mas ele é imbatível. Pra desembaraçãr então, vish, campeão. Possui composição simples, então não me dá muito peso na consciência. Milhões de pontos por ser vegano, baratíssimo e vir em embalagem de 1kg, que economiza plástico! Leia minha resenha completa sobre ele aqui.

2. Kanechom Low Poo: Também me dá resultados maravilhosos, adoro! Consegue ser mais barato ainda que o Kids e mais fácil de encontrar nas lojas daqui. A composição é mais rica do que a do Kids, contendo mais ingredientes hidratantes e óleos vegetais. Gosto! Uso pra desembaraçar, hidratar e finalizar. Também é veg, baratíssimo, embalagemzona de 1kg, amorzão. A resenha completa dele você confere aqui.

3. Finalizador Bioextratus Pós Progressiva: Outro amado que já enalteci muito por aqui, né? Amo porque admiro demais a marca. Uma empresa com olhos para a tecnologia e para o meio ambiente, responsável, bem bacana. Pesquisem sobre os projetos ambientais da Bioextratus! Pena que é caro e a embalagem tão pequena! E ultimamente não tenho amado tanto quanto o Kanechom Kids em termos de finalização. Mas gosto de variar comprando de vez em quando. A composição é simplesmente incrível! Já fiz uma super resenha aqui também! #BioextratusMePatrocina!

Resultado de imagem para skala maionese vegana4. Skala Maionese Vegana: descoberta recente! Estava há muito procurando produtos dessa marca aqui no Rio, e achei essa belezinha aí! Super baratinha, composição muuuito legal, e potão de 1kg! Nem preciso dizer que amo quando o rótulo já diz tudo pra gente na cara! É uma empresa não muito grande mas que está de olho nas tendências de consumo e faz questão de mostrar seu diferencial! Estou testando ainda, em breve faço resenha pra vocês.


Enfim, são esses os creminhos que tenho usado, meus favoritos mesmo! Sei que o assunto é polêmico, e pode ser que eu esteja fazendo besteira usando esses produtos sem “lavar” da maneira cartesiana. Conta pra mim o que você acha desse assunto nos comentários!



Comente sobre esse post!