Retoque de Raiz – Ruivo com Henna

gif-sakjfhksdjh

Retoquei a raiz da juba ruiva, eeee! Mais uma vez escolhi a tintura da Acquaflora, que além de vegana é liberada para Low Poo (: Mostrei tudo, como sempre, no instasnap (espero que você esteja me acompanhando lá, hein! @oaken.g )

As proporções da mistura foram:

  • 1/2 tubo da 8.4
  • 3/4 tubo da 9.0
  • Oxigenada de 30 volumes (também da Acquaflora)

Fiz a aplicação no salão, e foi o mesmo esquema de sempre: o cabelo estava sujo e seco, e fomos aplicando a mistura na raiz apenas! Ficou agindo por 40 minutos. Depois disso meu cabelo foi limpo e condicionado com produtos que eu nunca vi na vida, então é aquela dúvida se tem parafina ou não, etc. Não sei porque não pedi pra ele me dar pra ler a composição antes ou simplesmente não passar nada no meu cabelo depois de enxaguar…

Lembrando que essa tinta é liberada para Low Poo. Não sei ainda se vou hennar por cima, apesar de eu estar percebendo que a raiz, onde foi pintado, está “mais desbotada” do que o resto, que tem henna. Se você quiser saber como eu deixo meu ruivo assim com henna, está tudo explicadinho aqui.

Veja o antes e o depois:

Retoque Raiz Ruivo Acquaflora 8.4 + 9.0

Antes:

 

Depois:


UPDATE

Segundo Retoque (28/12/2016)

Retoquei novamente a raiz! Não estava tão grande quanto da última vez, mas a parte que foi pintada no último retoque estava visivelmente diferente do resto porque eu não passei a henna, deixando meu cabelo com três faixas de cor (horrivel!!). Acabei nem tirando foto pra comparar :'[

A proporção das tintas foi 1/2 de 9.0 e 1/2 de 8.4, com Ox de 30, tudo da Acquaflora. O passo-a-passo da henna foi:

1º passo: preparação da mistura e materiais

Usei 1/2 pacote da Henna Casa da Índia (embalagem marrom) + 180ml de água em temperatura ambiente + 60ml de vinagre de maçã. Misturei tudo em um pode de plástico até dissolver a henna direitinho. Duas horas após o início do preparo fiz o teste de pigmentação, e já tinha liberado! Aqui no Rio está fazendo um calor infernal (e olha que eu fui preparar a mistura lá pras 23h), o que acelera bastante o processo de liberação do pigmento. Congelei a mistura, e na manhã seguinte descongelei no microondas. Não deixei que descongelasse por completo, pois fiquei com medo de aquecer demais a henna. Fui botando de 1 em 1 minuto, tirando para mexer para não arriscar. Quando estava já tudo líquido, parei de aquecer.

Demais materiais que você irá precisar:

  • Pote de plástico
  • Pincel (que não possua partes de metal)
  • Presilhas e elásticos (nada de metal!!)
  • Óleo vegetal, creme ou hidratante
  • Camiseta(s) velha(s)
  • Papel filme
  • Touca de banho
  • Pente, escova…
  • LUVAS!!!

2º passo: preparação do ambiente

A henna, por estar líquida/cremosa, faz muita sujeira e mancha muito! Então é indispensável que você:

  • Use luvas!!!!!!
  • Passe algum óleo vegetal, creme ou hidratante na pele que possa vir a ter contato com a henna. Isso vale para o rosto, pescoço, orelha, braços, colo…
  • Faça a aplicação no banheiro, de preferência dentro do box! Se não, forre o chão com jornal.
  • Separe os demais materiais que você irá precisar para não precisar fazer isso depois da aplicação!

Vesti a “roupa de guerra”, semelhante a que vocês viram no meu vídeo sobre a henna, e também uma espécie de “capa” de plástico, tipo a usada nos salões. Como eu ia aplicar dentro do box, não precisei forrar o chão nem nada.

3º passo: dividir o cabelo em mechas

Separei minha mecha descolorida, bezuntei ela todinha em óleo de semente de uva e prendi ela enroladinha com uma presilha pra isolá-la do resto do cabelo por completo. Umedeci o cabelo e desembaracei – fazer isso com o cabelo úmido é fundamental se você possui cabelo cacheado! Dividi o cabelo no meio e depois cada metade em 8 partes.

4º passo: aplicação

Eu prefiro começar com as mechas de trás e de baixo, e ir subindo e chegando nas da frente, mas isso vai de pessoa pra pessoa! A minha intenção era apenas de passar a henna na raiz, para cobrir a parte recém pintada e também o retoque anterior (que estava desbotado e estranho), e assim o fiz! Fui passando com um pincel mesmo, e com os dedos fui massageando beeeem para garantir que estivesse bem espalhado.

5º passo: colocação da touca e isolamento

O segredo para não sofrer com a henna escorrendo pelo seu pescoço é:

  1. Enrolar o cabelo mais na nuca do que no topo da cabeça! Assim ela só escorrerá pela nuca, e não pelas orelhas e testa. Fazendo isso você também evita o acúmulo de henna no topo, pois na nuca é mais “vertical”.
  2. Enrolar papel filme sobre o cabelo! Só vendo no vídeo mesmo para entender rsrs
  3. Colocar uma camiseta ou pano velhos na nuca e a touca por cima, tipo um sanduíche papel filme – camiseta – touca. O pano irá absorver um pouco do que escorrer e evitar que você fique com agonia da situação.
  4. Não ficar em lugar quente (apesar de que aqui na minha cidade isso não existe nessa época do ano, a não ser que você fique dentro do freezer) para não suar demais.

6º passo: esperar!

Eu deixei a henna agindo por 4 horas, mas deixe o tempo que quiser! Na minha opinião, o mínimo para a henna pegar legal é 3h de pausa, mas fica a seu critério. Aí é hora de ver aquela maratona da sua série favorita, dormir (sentada/o!), comer, ler…

7º passo: enxaguar

Agora é o momento do ápice da sujeira! Recomendo usar luvas nesse momento também, viu? Não precisa usar xampu nem nada, mas se quiser depois fazer co-wash, você que sabe. Eu apenas enxaguei e apliquei uma máscara de hidratação (usei a Meu Cacho Minha Vida, da Lola Cosmetics) que deixei agindo por 5 minutos apenas. Apenas tenha paciência porque demora bastaaaante pra você ver a água sair transparente do seu cabelo novamente! Na segunda lavagem é capaz de sair ainda um pouco marromzinha…

8º passo: ser feliz e arrasar com a sua ruivice <3

 

Comente sobre esse post!